quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Epopéia Apalavrada

Sigo a epopéia
A minha saga, história
A minha busca
Que é maluca sim
Meio desembestada
Mas também eclética
E porquê não dizer fulgaz
Pois nada mais é esta busca

Do que ser feliz

Rafael Santos - Colunista

Nenhum comentário:

Postar um comentário